Viciado em contos de fadas?

Viciado em contos de fadas?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Branca de Neve ou Barba Azul, por que seu filho reivindica sua história favorita todas as noites? Mesmo que seja repetitivo, não o prive deste prazer.

  • Lembre-se de quando você era pequeno e ouve com deleite e apreensão as aventuras de Branca de Neve, Tom Thumb ou Pinóquio.Quando você tinha a idade dele, seu filho vive, através desses personagens, conflitos que o agitam as ansiedades que ele sente, mas não pode expressar. Além disso, se Branca de Neve tanto o fascina no momento, talvez seja porque ele descobre que ciúmes ele não pode formular no momento, mas qual é o tema central disso. ótimo clássico.

De onde vem a magia dos contos de fadas?

  • O Chapeuzinho Vermelho que está sendo comido parece um fim muito cruel e você seria tentado a suavizar o desenlace. Não faça nada. Seu filho está indo muito bem. No que lhe parece traumático, pelo contrário, todo o benefício da história. Esses terríveis eventos não têm nada a ver com as imagens violentas vistas na TV. Aqui, é a imaginação que funciona.
  • Por outro lado, evitar histórias muito desesperadas como muitos de Andersen (A Pequena Sereia ou A Pequena Partida, por exemplo).
  • Com seus ogros, suas bruxas, seus personagens com poderes mágicos, a história é uma história extraordinária, onde o imaginário assume a realidade. Embora ele descreva situações terríveis e perigosas, sempre são encontradas soluções e tudo termina bem. Portanto, seu filho pode ter medo e ouvir, com segurança, histórias terríveis.

Como contar a eles?

Como todos os contadores de histórias, você tem o direito de bordar ... mas não exagere.

  • Reserve as histórias para a noite. Este é o momento em que seu filho pode sentir-se ansioso por se separar de você e adormecer. Pois enquanto dorme, seu inconsciente surge em seus sonhos. Há algo para se ter medo! Dar corpo aos seus medos através de uma história permite que ele os exorcize.
  • Liberte sua imaginação. Como todos os contadores de histórias, você tem o direito de bordar. Você pode tirar vozes diferentes para cada personagem, pontuar a ação de gestos ou efeitos sonoros. Mas tome cuidado para não adicionar muito. Dizer não é tocar teatro.
  • Respeite os detalhes. Você já deve ter experimentado, se você esquecer um detalhe, seu pequeno ouvinte fica com raiva. Ele gosta de encontrar o que sabe. É reconfortante.

1 2